Agora sob o luar
Vida
¤ 26-01-2005
 
Link-me
 

 
Música
 

Enya
Lothlorien
Shepherd Moons

 
 
 
Fale Comigo
Fale Comigo
eXTReMe Tracker
Divulgue o seu blog!
 
BlogBlogs
Quem Sou
 
A Idade: 47 anos
O Signo: (21/02)

A Cidade: Ribeirão Preto
Um Perfume: Bulgary
Um Filme: Encontro Marcado
Um Livro: Brumas de Avalon
Uma Música: Mercy Street - Peter Gabriel
Uma Bebida: Vinho seco
Um Lema: Não fazer aos outros o que não quero que façam para mim...
Uma lição: Sempre colhemos o que plantamos.
Posts Antigos
 
Veja os posts aqui
Blogs Amigos
 

EU...(DEUS MALUCÃO)

A boa esposa e Pensando Naquilo
Algo Diferente
As Beatas da Urca
Azedinho Doce

Blog Berona
Blog da Magui
Blog News
Bolsa de Mulher
Brincando Com Palavras

Café no Cafofo
Caldeirão do Mago
Cantinho da Donna
Caminho Livre
Caos
Chutanto o Bardi
Complexogel
Crepúsculo dos Deuses

Dagomir Marquezi
Decore Sua Alma
Davidson
Desassistidas
Devaneios by Ju
Diva Marquezi
Doce Vida

Engenics
Esculacho e Simpatia
Espelho da Alma

Falando com o Coração
Feitiço de Afrodite
Frog

Imagem Perspectiva
Ivan
Ivan Bento

Jardim em Flor
Just Fe

Labellaluna® Web
Labellaluna® Midis
Lápide
Loba, Corpus et Anima
Lua e Poemas

Magali
Marta Matos
Mary Help
Meu Mar Azul
Meus Momentos
Minha Vida em Pto e Bco
Mude
Mulher de Fases

Nas Esquinas da Farme
Néco
Nos Bares da Vida
Nossa Pele®
Notas de Um Velho Safado

O Meu Caminhar
O Diário da Sonia
O Fim da Várzea
O Tecladista
Os Caminhos de Hécate
Os Escolhidos
Ostra Nervosa

Páginas Viradas
Pétalas
|>Phoenix-Maktub<|
Poeblog
Poetrando
Prazeres Felinos
PsycoReal

Radar
Rafa
Rascunhos da Alma
Reflexões sobre a existência
Renatinha
RJ Turismo

Sabor Erótico
Samira
Segredos e Surpresas
Segredo Meu..Agora Teu
Seu Madruga é Rei
Soldier
Sonhando Acordada
Suellen

Team Penning-Paulo
Tempestades Neurais
Tio Cavanha!
The Who by Blogger
Too Much Cooffe

Versos & Corpos

 
Nota 10


























Comentaram
 
 
Vote
 

Avalie essa lua

Indique esse Luar

 
Visitando
 
Prêmios
 
 
 
 
 
 
Layout por Mim
 
 
 


Despedida

Um dia chego lá ou não!!!

Quando me amei de verdade, compreendi que em qualquer
circunstância, eu estava no lugar certo, na hora certa,
no momento exato. E, então, pude relaxar. Hoje sei que
isso tem nome... auto-estima.

Quando me amei de verdade, pude perceber que a minha
angústia, meu sofrimento emocional, não passa de um
sinal de que estou indo contra as minhas verdades. Hoje
sei que isso é ser... autêntico.

Quando me amei de verdade, parei de desejar que a minha
vida fosse diferente e comecei a ver que tudo o que
acontece contribui para o meu crescimento. Hoje chamo
isso de... amadurecimento.

Quando me amei de verdade, comecei a perceber como é
ofensivo tentar forçar alguma situação ou alguém apenas
para realizar aquilo que desejo mesmo sabendo que não é
o momento ou a pessoa não está preparada, inclusive eu
mesmo. Hoje sei que o nome disso é... respeito.

Quando me amei de verdade, comecei a me livrar de tudo
que não fosse saudável... pessoas, tarefas, crenças,
tudo e qualquer coisa que me pusesse para baixo.
De início, minha razão chamou essa atitude de egoísmo.
Hoje sei que se chama.. amor- próprio.

Quando me amei de verdade, deixei de temer meu tempo
livre e desisti de fazer grandes planos, abandonei os
projetos megalômanos de futuro. Hoje faço o que acho
certo, o que gosto, quando quero e no meu
próprio ritmo. Hoje sei que isso é saber viver a vida
..... intensamente.

Quando me amei de verdade, desisti de querer ter sempre
razão e, com isso, errei menos vezes. Hoje
descobri a... humildade.


Quando me amei de verdade, desisti de ficar revivendo o
passado e de me preocupar com o futuro. Agora, me
mantenho no presente, que é onde a vida acontece. Hoje
vivo um dia de cada vez, plenamente.

Quando me amei de verdade, percebi que a minha mente
pode me atormentar e me decepcionar. Mas quando eu a
coloco a serviço do meu coração, ela se torna uma
grande e valiosa aliada.

"Assim que você pensar que sabe como são realmente as
coisas, descubra outra maneira de olhar para elas"

:Quando me amei de verdade (Do filme Sociedade dos Poetas Mortos)

Todos sabem no que trabalho... estou agora com um trabalho muito grande para fazer e vou ter que me ausentar dos blogs...
Pelo menos daqui e Nos Bares da Vida...
Não sei quando poderei voltar.. talvez apenas no ano que vem, talvez antes ou... mas gostaria desde ja de desejar a todos um Feliz Natal e um Ano Novo cheio de realizaçoes e muito amor...
Gostaria que soubessem que agradeço a Deus ter conhecido todos vocês... Aqui me apaixonei, aqui me feri, aqui encontrei uma irmã, alguns inimigos e muitos amigos, verdadeiros e falsos...

Obrigada e Beijos a todos...



Enluarado por: Labellaluna® às 00:02

** **  *Leia o Blog News*


 

 
 


Efetivamente

Sempre bom aprendermos um pouco mais do que efetivamente são os sentimentos e atitudes... Como amar que é renunciar aos próprios caprichos e não esperar nada em troca... Mas nunca deixando de vigiar suas próprias atitudes...

Vigiar não é desconfiar. É acender a própria luz, ajudando os que se encontram nas sombras.
 
Defender não é gritar. É prestar mais intenso serviço às causas e às pessoas.

Ajudar não é impor. É amparar, substancialmente, sem pruridos de personalismo, para que o beneficiado cresça, se ilumine e seja feliz por si mesmo.

Ensinar não é ferir. É orientar o próximo, amorosamente, para o reino da compreensão e da paz.

Renovar não é destruir. É respeitar os fundamentos, restaurando as obras para o bem geral.

Esclarecer não é discutir. É auxiliar, através do espírito de serviço e da boa-vontade, o entendimento daquele que ignora.

Amar não é desejar. É compreender sempre, dar de si mesmo, renunciar ao próprios caprichos e sacrificar-se para que a luz divina do verdadeiro amor resplandeça.

*  *  *

André Luiz

(Mensagem retirada do livro "Agenda Cristã" psicografia de Francisco Cândido Xavier) 

*  *  *

Não são as provações do HOJE que derrotam os homens, mas sim o remorso ou rancor que o ONTEM deixou. E também o medo do que o AMANHÃ poderá trazer.
Vivamos então um dia de cada vez

Beijo grande a todos...

 



Enluarado por: Labellaluna® às 18:31

** **  *Leia o Blog News*


 

 
 


Acordemos

Estamos sempre observando, admirand ou criticando atitudes e virtudes ou defeitos alheios... Precisamos acordar para nós mesmos... Não esperar do outro, mas sim fazer...

É sempre fácil
examinar as consciências alheias,
identificar os erros do próximo,
opinar em questões que não nos dizem respeito,
indicar as fraquezas dos semelhantes,
educar os filhos dos vizinhos,
reprovar as deficiências dos companheiros,
corrigir os defeitos dos outros,
aconselhar o caminho reto a quem passa,
receitar paciência a quem sofre
e retificar as más qualidades de quem segue conosco...

*

Mas enquanto nos distraimos,
em tais incursões a distância de nós mesmos,
não passamos de aprendizes que fogem, levianos, à verdade e à lição.

*

Enquanto nos ausentamos
do estudo de nossas próprias necessidades,
olvidando a aplicação dos princípios superiores que abraçamos na fé viva,
somos simplesmente
cegos do mundo interior
relegados à treva...

*

Despertemos, a nós mesmos,
acordemos nossas energias mais profundas
para que o ensinamento do Cristo
não seja para nós uma bênção que passa, sem proveito à nossa vida,
porque o infortúnio maior de todos
para a nossa alma eterna
é aquele que nos
infelicita quando a graça do Alto
passa por nós em vão!...

* * *

Xavier, Francisco Cândido. Da obra: Caridade.
Ditado pelo Espírito André Luiz.
Araras, SP: IDE, 1978.

* * *

Deus concede-me a SERENIDADE para aceitar as coisas que eu não posso modificar.
CORAGEM para modificar aquelas que eu posso e SABEDORIA para perceber a diferença.


 
Beijos a todos...



Enluarado por: Labellaluna® às 13:09

** **  *Leia o Blog News*


 

 
 


Benefícios Imediatos

Falamos muito e desejamos mais do que tudo o amor, mas precisamos de um elemento básico para conquistarmos não só o amor mas a vida...

Entre o Aprendiz e o Orientador se estabeleceu o precioso diálogo:

-Instrutor, qual é a força que domina a vida?

-Sem dúvida, o amor.

-Esse poder tudo resolve de pronto?

-Entre as criaturas humanas, de modo geral, ainda existem problemas, alusivos ao amor que demandam muito tempo a fim de que se atinja a solução no campo do entendimento.

-E qual o recurso máximo que nos garante segurança entre as desarmonias do mundo?

-A fé.

-Pode a fé ser obtida, de momento para outro?

-Não é assim. A confiança raciocinada reclama edificação vagarosa no curso dos dias.

-A que fator nos cabe recorrer, para que nos conservem o ânimo e a alegria de servir entre conflitos da existência?

-A paz.

-E a paz surge expontânea?

-Também não. Ninguém conhece a verdadeira paz sem trabalho e todo trabalho pede luta.

-Então instrutor, não existe elemento algum no mundo que nos assegure benefícios imediatos?

-Existe.

-Onde está esse prodígio, se vejo atritos por toda parte, na Terra?

O Mentor fez expressivo gesto de compreensão e rematou:

-Filho, a única força capaz de proporcionar-nos triunfos imediatos, em quaisquer setores da vida, é a força da paciência.

* * *

Francisco Cândido Xavier. Da obra: Pronto Socorro.
Ditado pelo Espírito Emmanuel.
C.E.U.

* * *


O que sentes revela o rumo para onde te diriges.
O que pensas te aponta o lugar em que te encontras.
O que falas indica o que sabes.
O que fazes mostra quem és.

(Emmanuel)

Beijo a todos...



Enluarado por: Labellaluna® às 17:26

** **  *Leia o Blog News*


 

 
 


Para esse final de semana nada como um bom exclarecimento da verdade, lá do alto, de quem ama. Mas de quem ama de verdade... como eu tento, ou não??

Quem ama nada exige.
 
Perdoa sem traçar condições.

Sabe sacrificar-se pela felicidade alheia.

Renuncia com alegria ao que mais deseja.

Não espera reconhecimento.

Serve sem cansaço.

Apaga-se para que outros brilhem.

Silencia as aflições, ocultando as próprias lágrimas.

Retribui o mal com o bem.

É sempre o mesmo em qualquer situação.

Vive para ser útil aos semelhantes.

Agradece a cruz que leva sobre os ombros.

Fala esclarecendo e ouve compreendendo.

Crê na Verdade e procura ser justo.

Quem ama, qual o samaritano anônimo da parábola do Mestre, levanta os caídos da estrada, balsamiza-lhes as chagas, abraça-os fraternalmente e segue adiante... 

* * *

Xavier, Francisco Cândido; Baccelli, Carlos A.. Da obra: Brilhe Vossa Luz.
Ditado pelo Espírito Alexandre de Jesus.
4a edição. Araras, SP: IDE, 1987.
 
Auxiliando aos outros para que possam viver com alegria descobriremos para nós a alegria de viver.
(Emmanuel)

Beijos a todos...



Enluarado por: Labellaluna® às 10:52

** **  *Leia o Blog News*


 


  Layout exclusivo - Labellaluna® Web